Sobre como matar seus sonhos ou jogar o lixo pra fora

como-matar-seus-sonhos

Como matar seus sonhos ou colocar o lixo pra fora

Uma metáfora sobre como você pode estar jogando seus sonhos no lixo.

Essa semana participei de um evento sobre empreendedorismo. Nele haviam 4 mil pessoas que estavam dispostas a colocar seus sonhos em prática e não perder a oportunidade de se realizar pessoalmente e profissionalmente. Já pensou? 4 mil sonhos… que poderiam se tornar realidade ou não!

Neste evento veio uma sacada: Sabe quando você tem uma ideia, um devaneio tão forte e que te faz vibrar por dentro?! Pode ser quando você tem a ideia de um negócio que deseja abrir… ou um projeto pessoal que deseja colocar em prática… ou quando você pensa em algo que seria muito legal para sua família?

Daí, você vai e resolve compartilhar com alguém que é muito próximo: esposa, marido, pais, amigos, colegas, enfim… E depois de contar a ideia com toda a sua energia, alegria e disposição, na esperança de que essas pessoas vibrem junto com você e entrem na mesma “vibe”, cheias de disposição, o que acontece na verdade, é que elas viram para você e dizem: “Nossa Fulano, que legal… agora, você poderia botar o lixo pra fora pra mim?”.

Pronto… toda sua ilusão foi jogada no lixo, quando te pediram para botar o lixo pra fora. Parece que a pessoa não entendeu a profundidade da coisa…

Não… as pessoas não estão sendo más, cruéis ou displicentes com você. Elas apenas não entendem ou entenderão o que se passa na sua cabeça. Elas não sentiram ou sentem as mesmas coisas que você. Portanto, elas não “compraram” a ideia da mesma forma como você está sentindo que ela faz sentido.

Isso me levou a um pensamento. Uma metáfora do lixo.

garbage2“Botar o lixo pra fora” é um caminho solitário. Quando você recolhe o lixo da sua casa e vai colocá-lo pra fora, você percorre esse caminho sozinho. Não conheço alguém que diz “Vou te acompanhar até a lixeira para jogar o lixo fora com você!”.

Isso significa que somos responsáveis por esse caminho até a lixeira. Isso significa que somos responsáveis também por nossas ideias. Não podemos contar com que os outros entendam o que se passa em nossas cabeças. Precisamos ter autonomia sobre nossos sonhos. Precisamos nos apropriar dele e afirmar que ele é “MEU” e que EU preciso fazer algo por ele.

Não permita transformar seu sonho num “lixo” que precisa ser colocado pra fora de casa. Leve o lixo pra fora (caso contrário, minha esposa não vai gostar… rsrsrs), mas leve também a convicção de que as coisas só dão certo quando você quer que elas dêem certo. Não espere que, para dar certo você precisará de contar com a alegria contagiante do outro.

Isso nasceu de você e precisa brotar de você. Ponha pra fora todo o lixo que anda circulando em sua cabeça e se permita viver esse caminho sozinho. Afinal de contas, o lixo vai direto para a reciclagem, assim como nossos pensamentos precisam ser reciclados vez ou outra.

Por fim, quero te deixar uma última reflexão sobre sonhos e lixos: Toda vez que você for colocar o lixo pra fora, pense que está levando ali, naquelas sacolas, tudo aquilo que impede de colocar seus sonhos em prática. Pense que todas as coisas que te atrapalham ou te desanimam estão sendo levadas para bem longe. Assim, sobrará mais coisas que realmente importam: Clareza, disposição, energia e amor.

Acompanho diversos clientes de coaching que chegaram com seus sonhos “desbotados” e  cansados. Hoje, revigorados, eles compreendem que é preciso levar seus sonhos a sério.

Se precisar de ajuda… estou aqui!

Márcio Merçoni on sabyoutubeMárcio Merçoni on sablinkedinMárcio Merçoni on sabinstagramMárcio Merçoni on sabfacebook
Márcio Merçoni
Márcio Merçoni - Graduado em Psicologia, MBA em Gestão de Pessoas e Formação em Gestão da Qualidade. Professional & Self Coach certificado internacionalmente. É ainda professor universitário, palestrante e consultor.

Related Posts

Leave a reply


Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.