potencial

Descubra como você permite que o mundo acabe com o seu potencial e sua carreira.

É hora de perceber que o futuro profissional vêm das escolhas que fazemos agora!

Propósito, paixão e sonhos… Não deixe o mundo acabar com o seu potencial

Martha Medeiros disse em uma de suas crônicas: “Toda pessoa apaixonada é um publicitário em potencial. Não anuncia cigarros, hidratantes ou máquinas de lavar, mas anuncia seu amor, como se vivê-lo em segredo diminuísse sua intensidade”.

Dizem que paixão é algo que dá e passa… afinal, o que permanece deve ser o amor.

Mas sofro de uma angústia profunda quando vejo pessoas que não sabem o que é apaixonar-se e amar seu próprio potencial. Aniquila meu coração ver pessoas que não vivem a intensidade daquilo que podem fazer de diferente no mundo. E me mata aos poucos, ver pessoas que passam por cima de seus sonhos.

Fomos ensinados de que todos devemos escolher uma profissão, uma carreira. Vivemos o drama do curso a escolher na hora do vestibular. Alguns escolheram ser advogados, outros engenheiros, outros enfermeiros, outros só escolheram porque precisavam escolher, muitos escolherem porque foram “persuadidos” e “chantagiados” a escolher.

Digo isso, pois seguir a medicina, a engenharia, a nutrição ou qualquer coisa assim, pode ser uma decisão genuína, como também pode ter vindo de uma pressão sobre “o que você vai ser quando crescer?!”.

Você certamente já foi indagado sobre esta questão!!! E certamente, tremeu na base nas primeiras vezes que precisou responder de forma decisiva e assertiva! Quando criança, ninguém lhe criticou se você queria ser bombeiro, bailarina, cozinheiro, limpador de janelas, professora, ou todas essas coisas misturadas.

Mas, tenho quase absoluta certeza, de que sofreu críticas ao não saber exatamente o que queria ser quando crescesse. Foi aqui que começaram os reforçadores de sua frustração!

Desde a minha decisão de escolher Marketing e Psicologia como curso superior, muita coisa não mudou, assim como também não eram muito diferentes antes de mim. E isso me mata por dentro.

Como pensar que jovens pensam em seguir uma tradicional carreira na advocacia ou na medicina, engenharia, psicologia, ou qualquer outra profissão, sendo que o mundo já não comporta o mesmo modelo de carreira?? Porque insistimos para que nossos jovens sejam empurrados para uma decisão linear, sendo que o mundo faz bruscas curvas de crescimento e disrupção a todo instante?

Consigo imaginar a angústia de um jovem, em tempos de escolha profissional, tendo que decidir o curso que vai fazer na sua faculdade tradicional, com modelo de ensino e aprendizagem tradicional, sofrendo a tradicional pressão dos pais, pensando num mercado de trabalho tradicional.

Só que no mundo NADA MAIS É TRADICIONAL!!! E tem mais, fico imaginando sua escolha, enquanto passa a ideia de ser um youtuber, um empreendedor social, sua vontade de mudar o mundo, viajar para todos os cantos, conectar-se com pessoas, e como tudo isso poderia compôr sua carreira………. mas NÃO PODE!!! “É preciso se ater ao futuro certo”, esse jovem escuta.

O problema é que, isso não está fixado somente nos jovens.

Nós também sofremos disso… nós esquecemos quais são as nossas paixões!!! Nós esquecemos que são essas paixões que nos despertam, que nos movem. Nós ignoramos isso tudo, pelo senso de cumprir uma falsa ideia de responsabilidade financeira e sucesso na carreira.

Quem se conecta com sua paixão, se torna o publicitário desta relação (de acordo com a ideia inicial da Martha Medeiros). Se assim não fosse, como teríamos acesso a saber que tantas pessoas estão felizes e realizadas ao trabalhar com aquilo que amam e que, mesmo diante dos desafios, vivem seu sucesso financeiro, pessoal e profissional.

Não me estranha, no meu consultório, ver meus clientes de coaching mudando radicalmente de área, de interesse, de carreira, pois se conecta com sua verdadeira paixão…

E quando ele se conecta com sua paixão, ele descobre seu pleno potencial. Este potencial é o gatilho certo para que todas as suas ações sejam ricas em propósito, intenção e impacto. Você torna um publicitário de si mesmo, que vende todo esse amor, pois não consegue entender como as pessoas vivem sem amor, sem amar.

Ao mesmo passo, você se torna grato por tanto amor, por tanta paixão, como se devesse algo para o mundo, por ele ter te oferecido este encontro. Com muito romantismo e entrega, você quer devolver para o mundo.

Eu mesmo, passei muito tempo sem descobrir um amor, mas sempre me permiti me apaixonar, pois jamais deixaria que meu potencial em fazer coisas boas fosse enfraquecido. Tive um ambiente de crescimento que sempre me apoiou e me permitiu esta abertura, afinal sempre tive apoio dos meus pais em minhas maluquices (coisa de aquariano visionário). E é por isso que estou aqui. Porque eu sei quantas pessoas precisam deste apoio, desta convicção de que todo o seu sucesso está guardado dentro de você, esperando o amor aflorar e a paixão tomar conta de você.

Esse é o único caminho para o seu máximo potencial!! Esse é o único caminho para você gerar impacto!! Esse é o único caminho par amar o que você faz e ver o sucesso surgir!!

Não há mais para onde fugir… O mundo está diante de uma nova curva e a mudança será ainda mais brusca e mais rápida. O mercado de trabalho será completamente renovado nos próximos 15 anos. E eu te pergunto: Quer ser uma vítima? Ou quer ser o autor da sua carreira e da sua história?

 

Márcio Merçoni on sabyoutubeMárcio Merçoni on sablinkedinMárcio Merçoni on sabinstagramMárcio Merçoni on sabfacebook
Márcio Merçoni
Márcio Merçoni - Graduado em Psicologia, MBA em Gestão de Pessoas e Formação em Gestão da Qualidade. Professional & Self Coach certificado internacionalmente. É ainda professor universitário, palestrante e consultor.

Related Posts

Leave a reply


Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.